11/07/2011

Nova rota aérea aproxima os brasileiros das belas praias do arquipélago das Bahamas por Lauro Neto (lauro.neto@oglobo.com.br)

Posted in CÂMBIO às 19:55 por sidneycambio

NASSAU – Não é à toa que Nassau, capital das Bahamas, tem uma ilha chamada Paradise Island. Nas praias, os diferentes matizes do azul do mar se convertem em transparentes debaixo das águas cristalinas, sob as quais é possível ver dos próprios pés a peixes passeando à beira-mar. Seus resorts são bons para curtir as férias de julho num verão tropical, seja em família ou a dois. Ponto de partida para ilhas do Caribe, Nassau ficou mais perto dos brasileiros com o voo inaugurado mês passado pela Copa Airlines, que oferece rápida conexão na Cidade do Panamá. Agora não é preciso mais ter visto americano e parar em Miami.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/viagem/mat/2011/07/11/nova-rota-aerea-aproxima-os-brasileiros-das-belas-praias-do-arquipelago-das-bahamas-924875668.asp#ixzz1RpPrTlRJ
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Anúncios

08/06/2011

Dica de Viagens: Conheça o que é permitido trazer na mala depois de uma viagem.

Posted in cartão VTM, casas de câmbio em Curitiba, CÂMBIO, DICAS, EUA, EUROPA, Sidney Câmbio e Turismo, Visa TravelMoney, VISTOS, VTM tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , às 18:07 por sidneycambio

 

Depois de uma viagem, ninguém quer ser parado na alfândega ou obrigado a se desfazer de algo que comprou. Para garantir que isso não aconteça com você, conheça o que é permitido levar e trazer do exterior para o Brasil, segundo a Receita Federal.

O que é proibido levar para o exterior

  • Peles e couros de anfíbios e répteis
  • Animais silvestres e outros insetos e seus produtos, sem guia de trânsito, fornecida pelo Ministério do Meio Ambiente
  • Quaisquer espécies aquáticas, em qualquer estágio de evolução, sem autorização do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)
  • Sem autorização do Ministério da Cultura:
  • quaisquer obras de arte e ofícios tradicionais, produzidos no Brasil até o fim do período monárquico, as oriundas de Portugal e incorporadas ao meio nacional durante os regimes colonial e imperial e as produzidas no estrangeiro, nesses mesmos períodos, e que representem personalidades brasileiras relacionadas com a História do Brasil ou paisagens e costumes do País;
  • bibliotecas e acervos documentais, completos ou parciais, constituídos de obras brasileiras ou sobre o Brasil, editadas nos séculos 16 a 19;
  • coleções de periódicos com mais de dez anos de publicação, assim como originais e cópias antigas de partituras musicais.

O que é proibido trazer do exterior para o Brasil

  • Cigarros e bebidas fabricados no Brasil, destinados à venda exclusivamente no exterior
  • Cigarros de marca que não seja comercializada no país de origem
  • Brinquedos, réplicas e simulacros de armas de fogo, que com estas se possam confundir, exceto se for para integrar coleção de usuário autorizado, nas condições fixadas pelo Comando do Exército Brasileiro
  • Espécies animais da fauna silvestre sem um parecer técnico e licença expedida pelo Ministério do Meio Ambiente
  • Quaisquer espécies aquáticas, em qualquer estágio de evolução, sem autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)
  • Produtos assinalados com marcas falsificadas, alteradas ou imitadas, ou que apresentem falsa indicação de procedência
  • Mercadorias cuja produção tenha violado direito autoral (“pirateadas”)
  • Produtos contendo organismos geneticamente modificados
  • Agrotóxicos, seus componentes e afins
  • Mercadoria atentatória à moral, aos bons costumes, à saúde ou à ordem pública
  • Substâncias entorpecentes ou drogas

Esses bens, se trazidos pelo viajante, podem ser apreendidos pela Aduana. Conforme o caso, ele pode ser preso pelas autoridades brasileiras e processado civil e penalmente.

Compras e gastos

Para que os gastos com bens adquiridos em uma viagem internacional não sejam tributados, é preciso que se limitem à quantia de US$ 500 se a pessoa chegou por via aérea ou marítima. A quantidade cai para US$ 300 se a via foi terrestre, fluvial ou lacustre, em veículo não militar; e para US$ 150 quando o transporte foi realizado por via terrestre, fluvial ou lacustre em veículo militar.

Ainda nas lojas francas dos portos e aeroportos –duty free–, depois de desembarcar no Brasil, é permitido gastar mais US$ 500 com isenção de tributos.

As mercadorias compradas nos free shops devem respeitar também os limites quantitativos abaixo:

  • 24 unidades de bebidas alcoólicas, observado o quantitativo máximo de 12 unidades por tipo de bebida
  • 20 maços de cigarros de fabricação estrangeira
  • 25 unidades de charutos ou cigarrilhas
  • 250g de fumo preparado para cachimbo
  • 10 unidades de artigos de toucador
  • 3 unidades de relógios, máquinas, aparelhos, equipamentos, brinquedos, jogos ou instrumentos elétricos ou eletrônicos

Atenção: Vale lembrar que menores de 18 anos, mesmo acompanhados, não podem adquirir bebidas alcoólicas e artigos de tabacaria. É importante ressaltar também que os bens comprados em lojas francas brasileiras no momento da partida do viajante para o exterior, nas lojas duty free no exterior ou adquiridos em lojas, catálogos e exposições duty free dentro de ônibus, aeronaves ou embarcações de viagem têm o mesmo tratamento de outros bens adquiridos no exterior, passando a integrar a bagagem do viajante. Em resumo, essas mercadorias não aproveitam do benefício da isenção concedido no Brasil no momento da chegada do viajante.

Fonte: Site da Receita Federal.

02/06/2011

Redescubra a América do Sul – Destino certo para aventureiros

Posted in cartão VTM, CÂMBIO, Câmbio Curitiba, DICAS, EUA, EUROPA, SIDNEY CÂMBIO, Sidney Câmbio e Turismo, Visa TravelMoney, VISTOS, VTM tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , às 10:57 por sidneycambio

Os moais da Ilha de Páscoa são de rocha vulcânica e pesam 86 toneladas

América do Sul é privilegiada em belezas naturais e também naquelas construídas pelo homem.

Há cenários instigantes. Assim é para quem visita Machu Picchu, no Peru, que na língua quéchua significa “montanha velha”. Em julho, acontecem as comemorações dos 100 da descoberta da cidade perdida dos incas. Para chegar lá, é possível percorrer o caminho inca, em quatro dias de caminhada com paradas em pequenas aldeias até Aguas Calientes, cidade aos pés de Machu Picchu. Outro meio é ir de trem. Ambos os caminhos partem de Cusco.

Há muito para ver, mas no passeio de um dia é possível ver templos como o do Sol, das Três Janelas ou o observatório solar. Ainda a praça central, que separava a área sagrada da residencial, ou o Intipunku, ou Portal do Sol, para fazer a foto com a vista panorâmica da cidade.  Machu Picchu é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade.

Já Cartagena de Índias, na Colômbia, é Patrimônio Histórico da Humanidade. Nela é possível conhecer um dos conjuntos arquitetônicos mais bem preservados do continente, com ruas de paralelepípedos com iluminação de lampiões e o casario com sacadas de madeira. No mar colombiano está o arquipélago de San Andrés, Providencia e Santa Catalina. As águas caribenhas de sete cores são perfeitas para quem aprecia os esportes aquáticos, principalmente o mergulho. Um dos belos locais é a Reserva de Biosfera Seaflower: um conjunto de 40 praias, muitas ainda agrestes e pouco exploradas.

A aventura pelos mares chega ao extremo sul do continente, na Patagônia. No lado argentino, está Ushuaia, a cidade mais austral do mundo. Ladeada pelo Canal de Beagle, a região oferece passeios ao Parque Nacional Tierra Del Fuego, Glaciar Martial, Lago Escondido, Lago Fagnano, além do Trem do Fim do Mundo. Na gastronomia, não deixe de experimentar as centollas e a merluza negra. A melhor visita está na cidade de El Calafate, no Parque Nacional los Glaciares, para ver e ouvir o Glaciar Perito Moreno. No lado chileno, está Torres Del Paine, com o parque de mesmo nome, um dos ecossistemas mais importantes do mundo.

Do gelo para a areia do Atacama, no Chile. A cidade de São Pedro do Atacama é um oásis onde se encontram os turistas. Com mil quilômetros de extensão, o deserto possui muito pontos a serem visitados, além da própria cidade: Geysers del Tatio, Salar de Tara, Lagunas Altiplanicas, Valle de la Muerte e Valle de La Luna e Pukará de Quitor, a fortaleza inca.

Na Bolívia, o Salar de Uyuni, próximo a cidade de Uyuni – no sudoeste do país – é uma extensão de 10.582 Km2, com estimados 10 bilhões de toneladas de sal. Com o degelo dos Andes, forma-se uma fina camada de água sobre sua superfície, tornado-o o maior espelho natural da terra. Percorrer o deserto de sal em um automóvel 4×4 é uma das experiências do passeio, além de poder visitar ou se hospedar no hotel de sal, o Cristal Samaña.

Observar a natureza e a vida é o objetivo da visita a Galápagos, no Equador. As ilhas, 13 delas consideradas grandes, foram o laboratório para Charles Darwin escrever A origem das espécies, em 1859. As áreas continuam praticamente intocadas e a entrada de turistas é controlada. É possível se hospedar em algumas ilhas, em barcos, ou fazer passeios de um dia, a partir de Puerto Ayora. Natureza intocada também está no Planalto das Guianas, naVenezuela. Lá está a maior queda d’água do planeta: Angel Falls, com 979 metros, a partir da borda do Auyantepuy.

Na Ilha de Páscoa, a 3.700 km da costa da América do Sul, é onde moram os rapanui, um povo que habita aquele distante terreno vulcânico.

Fonte:  Publicado em 02/06/2011 | PATRICIA FAVORITO DORFMANN, ESPECIAL PARA A GAZETA DO POVO

Férias de Julho chegando: "Redescubra a América do Sul"

Posted in CÂMBIO às 10:50 por sidneycambio

Local do estudo de Charles Darwin, Galápagos tem entrada de turistas controladaO continente guarda surpresas de tirar o fôlego de quem nunca viajou e de quem já está acostumado a estas terras.

Confira os melhores roteiros da América do Sul, nesta reportagem especial.

Pelas capitais sul-americanas, há ricas experiências para turistas à procura de esportes, boa gastronomia, consumo ou apenas uma bela paisagem. Assim é Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile, por exemplo.

Mas se você já conhece os destinos básicos, certamente se surpreenderá com roteiros alternativos, cercados pelo mar azul e por patrimônios culturais e regados à culinária sofisticada e vinhos premiados, como Cusco, no Peru, e Punta Del Este, no Uruguai.

Se o seu perfil é aventureiro, tesouros permeados por paisagens inusitadas não faltam, a exemplo da bela e longínqua Ilha de Páscoa, no mar chileno.

A América do Sul é destino certo para vários perfis de turista. A Gazeta do Povo descobriu quais são os melhores, neste roteiro que você confere a seguir: Clique Aqui 

Fonte:  Publicado em 02/06/2011 | PATRICIA FAVORITO DORFMAN, ESPECIAL PARA A GAZETA DO POVO

 

 

 

 

 

 

Está planejando sua Viagem ao Exterior? Sidney mostra como fugir do aumento do IOF em seus gastos

Posted in cartão VTM, CÂMBIO, Câmbio Curitiba, DICAS, EUA, EUROPA, Sidney Câmbio e Turismo, Visa TravelMoney, VISTOS, VTM tagged , , , , , , , , , , , , , às 10:43 por sidneycambio

Com Visa TravelMoney é assim:  

Muito mais segurança, econômia e praticidade na hora de fazer suas compras no exterior. 

CARTÃO VISA TRAVELMONEY  clique aqui 

01/06/2011

Dicas Hotéis de LUXO: O hotel é o destino

Posted in CÂMBIO às 11:44 por sidneycambio

Dormir em lençóis de algodão egípcio, depois de escolher o travesseiro ideal em um menu de opções, ou ter uma piscina com borda infinita dentro do bangalô, em que os ammenities (shampoos e sabonetes) são da L´Óccitane, são algumas experiências inesquecíveis que o hóspede pode ter quando opta por um hotel verdadeiramente luxuoso.

 

 

Para se tornar um dos principais atrativos do destino, os hotéis são fiscalizados com rigor. A asa da xícara de café voltada para a esquerda (considerando que 90% da população é destra), ou a ligação de um hóspede tocando mais de três vezes sem atendimento são alguns dos equívocos imperdoáveis em uma lista imensa e cheia de detalhes que os estabelecimentos seguem à risca. De acordo com o presidente da rede The Leading Hotels of the World no Brasil, João Annibale, há uma inspeção minuciosa de mais de 800 itens analisados para um hotel-candidato se filiar. Não se leva em consideração o número de estrelas que cada estabelecimento tem porque essa é uma classificação que muda muito de um lugar para outro. Os padrões internacionais é que são avaliados.

Atualmente, a rede conta com 434 hotéis no mundo, somente sete no Brasil. “Esse segmento está começando a crescer no país, mas ainda temos muito poucos hotéis de luxo aqui. Verdadeiramente de luxo, há, no máximo, 15 ao total. É preciso pensar que muitos dos hóspedes que frequentam esse tipo de hotel têm casas incríveis, quartos luxuosíssimos e contam com copeiras, motoristas e outros empregados. E aí eu pergunto: quando você sai do conforto da sua casa para viajar você espera algo igual ao que tem em casa ou muito melhor? A resposta é óbvia… Por isso há tanto rigor nos detalhes”, explica Annibale.

Público

Mas não é só no público de elite que os hotéis de luxo estão focados. Em busca de dias inesquecíveis, famílias e casais da classe média têm, cada vez mais, escolhido esses paraísos para viver momentos especiais. Lua-de-mel, aniversário de casamento ou outra comemoração que mereça um presente inesquecível são algumas das boas razões que os hóspedes encontram para se presentear com uma diária em lugares mais sofisticados. “A cultura geral das viagens mudou. Com as redes sociais, a internet e a facilidade na disseminação das informações fica fácil de saber que esses lugares incríveis existem. Se eu sei que existe, isso entra para a minha lista de desejos”, diz Annibale.

Outra associação de hotéis exclusivos é a Relais & Châteaux, que preconiza os chamados cinco Cs: cortesia, charme, caráter, calma e cozinha. Atualmente, três brasileiros figuram no guia – Rosa dos Ventos (RJ), Ponta dos Ganchos (SC) e Estrela d’Água (BA).

Preferidos

Na avaliação do empresário Ítalo Antônio Fantinato, da IAF Turismo, o Fasano São Paulo, Copacabana Palace no Rio e o Ponta dos Ganchos Resort, em Santa Catarina, estão entre os nacionais mais procurados. No exterior, a França é o destino mais requisitado, e lá o Crillon e o Ritz Paris são os favoritos.

A dica de Ítalo é que o hóspede compre pelo menos cinco diárias, assim ele aproveita o hotel e o destino.

Serviço:

Confira a lista completa de hotéis de luxo da The Leading Hotels of the World (www.lhw.com), da Relais & Châteaux (www.relaischateaux.com) e da Associação de Hotéis Roteiros de Charme (www.roteirosdecharme.com.br). Em Curitiba, a IAF comercializa pacotes de luxo para hotéis nacionais e internacionais, (41) 3343-7077.

Pestana Convento do Carmo (Salvador, BA) O prédio de 1586, que foi um antigo convento de freis, tem 60 apartamentos,19 suítes, museus, dois claustros (quatro corredores em forma de quadrado com um jardim no meio) e uma sacristia com o teto coberto de ouro. Lula e os roqueiros do U2 já estiveram hospedados no local.

* O hotel abriga um Spa da L´Óccitane, famosa marca francesa de cosméticos *

Serviço:

Diária a partir de R$ 650 o casal com café da manhã / (71) 3327-8400 ou www.pestana.com

Copacabana Palace (Rio de Janeiro, RJ) 

 

Considerado o preferido entre celebridades, o lugar – que completa 88 anos este ano – é tradicional em atendimento e estrutura de alto nível. São 243 apartamentos em plena praia de Copacabana.

* Com obras de arte e tapetes raros, as suítes da cobertura têm 100 m² *

Serviço:

Diárias a partir de R$ 759 por casal sem café (R$ 75) /www.copacabanapalace.com.br.

Saxon Boutique Hotel (Joanesburgo, África do Sul) 

 

Sempre que vai à África, a apresentadora americana Oprah Winfrey hospeda-se ali. O hotel-boutique possui 53 suítes com serviços requintados como spa e piscina privativos, sendo três delas presidenciais. Na Nelson Mandela Platinum Suíte, onde o ex-presidente sul-africano escreveu seu livro de memórias, a diária chega a US$ 52 mil.

* O hotel oferece diversas terapias: do som, das cores, dos aromas e banhos em chuveiros sensitivos *

Serviço:

Diárias a partir de US$ 1.200 o casal com café da manhã / +27 11292-6001 ou www.saxon.co.za

Lancaster (Paris, França) 

 

Localizado no chamado triângulo de ouro da cidade luz, perto das butiques de luxo, cafés refinados e a poucos passos do Arco do Triunfo, o hotel é um dos mais requintados da Europa. A mansão do século 18 deixa o ambiente mais acolhedor com apenas 57 apartamentos e 7 suítes.

* Mobiliário tradicional, belos quadros, antiguidades e recriação de tecidos históricos decoram os quartos e outros espaços do hotel *

Serviço:

Diárias a partir de 399 euros por casal com café da manhã / 01 40 76 40 76 ou www.hotel-lancaster.fr.

Txai Resort (Itacaré, BA)

Com referências asiáticas e decoração sofisticada, o hotel prima por detalhes. No estilo luxo-rústico, a proposta do Txai é proporcionar ao hóspede experiência de relaxamento e desconexão. Portanto, nada de televisão nos quartos e nem baladinhas noturnas dentro do hotel. Com uma imensa área verde a ser explorada em passeios ecológicos e trilhas, o lugar possui 40 acomodações (30 bangalôs e 10 apartamentos) e três piscinas.

* Jantares a dois em ilhas desertas ou caminhadas em trilhas (cobrados à parte) são alguns dos passeios oferecidos. As atividades terminam com um piquenique de petiscos e frutas à beira da praia, ou com taças de champagne e canapés – o que for mais apropriado *

Serviço:
Diárias a partir de R$ 880 por pessoa com café da manhã / www.txai.com.br.

 

 

 Ponta dos Ganchos Resort (Governador Celso Ramos, SC)

Em um ambiente exclusivo e discreto, a prioridade é a preservação da identidade do hóspede. O acesso é restrito e sem sinalizações evidentes. Só depois de uma identificação detalhada em um interfone, localizado ao lado de uma entrada sutil, é que se abrem as portas para o paraíso. Com apenas 25 bangalôs, os quartos são um detalhe à parte. Na Especial Vila Esmeralda, além da decoração elaborada, a piscina privativa com borda infinita e vista para o mar é um presente extra.

* O resort possui uma ilha privativa, com um charmoso deck. Os jantares (a partir de R$ 625) na “Ilha” que, quase sempre, são seguidos de românticos pedidos de casamento, estão entre um dos principais serviços do Ponta dos Ganchos *

Serviço:

Diárias a partir de R$ 1.490 no apartamento luxo com estada mínima de duas diárias / (48) 3262-5000 ou www.pontadosganchos.com.br.

Casa Grande Hotel (Guarujá, SP)

Em uma mistura do estilo colonial das instalações com a contemporaneidade dos serviços, o Casa Grande é referência na categoria resorts de luxo. Com 268 acomodações entre chalés, suítes e apartamentos, o hotel ainda oferece health club, casa das crianças, duas piscinas aquecidas, campo de minigolfe e spa.

* É possível tomar um aperitivo ou comer um petisco com o pé na areia, em uma praia quase exclusiva do hotel *

Serviço:

A diária sai a partir de R$ 619 o casal com café da manhã e jantar. Reservas e informações: (13) 3389-4000. Contatos: reservas@casagrandehotel.com.br www.casagrandehotel.com.br.

Emiliano (São Paulo, SP)

Os mimos vão desde um menu de travesseiros (com opções para fins medicinais ou preferências pessoais) a massagens e cesta de frutas. O Emiliano é focado no atendimento personalizado e foi um dos precursores dos pequenos hotéis de luxo em São Paulo. Tem apenas 57 apartamentos, sendo 19 suítes. Ideal para quem quer mais privacidade, como foi com a cantora Shakira, quando esteve no Brasil.

* A grande maioria dos serviços funciona 24 horas, tais como room service, lavanderia, business center e fitness center *

Serviço:

Diárias a partir R$ 1.260 para duas pessoas no apartamento luxo. O café da manhã é cobrado à parte, R$ 52. Reservas e informações: (11) 3068 4393. Contato: www.emiliano.com.br.

 

 

Fasano Las Piedras ( Punta del Este, Uruguai)

Estar a 5 km do mar não é um problema para o hóspede do Las Piedras. Além de toda a área rural a ser apreciada, o hotel construiu uma praia artificial para quem quer curtir o lugar com o pé na areia. Em toda imensa área verde, há apenas 32 bangalôs, com suítes de até 100 m². Tudo para garantir atendimento personalizado e exclusivo ao hóspede. Destaque para o campo de golfe e o restaurante, construído entre as grandes rochas da região.

* O hotel tem pouco mais de três meses. Tudo está novinho em folha *

Serviço:

Diárias a partir de US$ 480 o casal com café da manhã. Reservas e informações: +598 42 664848 /www.laspiedrasfasano.com.

Publicado em 05/05/2011 | LUCIANE HORCEL

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/turismo

 

 

30/05/2011

Dicas de Viagens: Viagem com animais exige check list especial

Posted in cartão VTM, CÂMBIO, Câmbio Curitiba, DICAS, EUA, EUROPA, Sidney Câmbio e Turismo, Visa TravelMoney, VISTOS, VTM tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , às 15:02 por sidneycambio

Levar o animal de estimação nas viagens de lazer exige alguns cuidados. Além de garantir o bem-estar do bichinho em compartimentos apropriados, é preciso checar os documentos obrigatórios para o transporte.

O Brasil – e uma série de outros países – faz o controle sanitário para evitar zoonoses que possam comprometer o rebanho, como a febre aftosa, a peste suína e a tuberculose. Para isso, cães e gatos só podem entrar no território mediante o Certificado Zoossanitário Internacional (CZI). O documento, gratuito, é emitido pelas unidades do Ministério da Agricultura nos aeroportos brasileiros, mediante apresentação de atestado de saúde do bicho, assinado por um veterinário, e da carteira de vacinação atualizada.

O Ministério da Agricultura aceita 18 modelos de Certificados Zoossanitários Internacionais. As normas foram acordadas com os países do Mercosul e da União Europeia (UE), e também com África do Sul, Austrália, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos, Hong Kong, Índia, Japão, México, Noruega, Nova Zelândia, Omã, Suíça, Taiwan e Venezuela. O Japão e os países da União Euro-peia exigem, além do CZI, que os animais estejam com um chip de identificação, contendo informações como idade, raça, sexo e nome do proprietário.

Para outros animais, como furões, tartarugas, coelhos e papagaios, o passageiro precisa apresentar o CZI e uma autorização de importação, emitida pela Superintendência Federal de Agricultura no estado de destino do animal ou ao Departamento de Saúde Animal, em Brasília, antes do embarque.

Fonte: Felipe Lima / Gazeta do Povo

25/05/2011

Sidney Câmbio – https://sidneycambio.wordpress.com

Posted in Sem categoria às 20:04 por sidneycambio

SIDNEY CÂMBIO – ACESSE AQUI 

 

Sidney Câmbio Informa: Gasto de brasileiros no Exterior cresce 58% em abril

Posted in cartão VTM, CÂMBIO, Câmbio Curitiba, DICAS, EUA, EUROPA, Sidney Câmbio e Turismo, Visa TravelMoney, VISTOS, VTM tagged , , , , , , , , , , , , , às 17:10 por sidneycambio

 

DA AGÊNCIA BRASIL

Os gastos de brasileiros em viagens ao Exterior em abril deste ano subiu 58,1% em relação ao mesmo mês de 2010, segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC). No mês passado, os brasileiros gastaram no exterior US$ 1,943 bilhão.

Nos quatro meses deste ano, essas despesas somaram US$ 6,667 bilhões, aumento de 45,1% em relação aos US$ 4,570 bilhões registrados de janeiro a abril de 2010.

O aumento dos gastos dos brasileiros ocorreu mesmo com o decreto que elevou o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para as compras com cartão de crédito no Exterior. O decreto, publicado no dia 28 de março no Diário Oficial da União, elevou de 2,38% para 6,38% o IOF sobre as compras com cartão de crédito no Exterior.

ESTRANGEIROS NO BRASIL
Os estrangeiros em visita ao Brasil gastaram US$ 540 milhões em abril, 17,3% a mais do que no mesmo período de 2010 (US$ 460 milhões). Nos quatro meses de 2011, esses gastos ficaram em US$ 2,337 bilhões, 10,7% a mais na comparação ao mesmo período do ano passado (US$ 2,111 bilhões).

Com isso, a conta de viagens internacionais (consideradas gastos de brasileiros no exterior e receitas deixadas por estrangeiros no Brasil) ficou negativa em US$ 1,404 bilhão em abril e em US$ 4,330 bilhões nos quatro meses deste ano.

Fonte: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/mercado/gasto-de-brasileiros-no-exterior-cresce-58-em-abril_68253.html?pesquisa=1

Publicada em 25/5/2011 11:59:00

Dicas de Viagens Sidney Câmbio: Prepare-se para as folias de São João

Posted in cartão VTM, CÂMBIO, Câmbio Curitiba, DICAS, EUA, EUROPA, Sidney Câmbio e Turismo, Visa TravelMoney, VISTOS, VTM tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , às 14:59 por sidneycambio

Cada lugar faz do seu jeito, com ritmos musicais regionais e as melhores comidas típicas. Mas em todas as festas juninas, que acontecem de Norte a Sul do país, há o colorido do figurino, muita criatividade na decoração e alegria de quem vai aos festejos para homenagear os santos católicos: Santo Antônio (13 de junho), São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho).

Tradição

Festejo é herança dos portugueses

Por mais que as festas juninas tenham o jeitinho do povo nordestino, não foram eles os criadores da comemoração. Esse tipo de festa teve início ainda na Europa antiga, onde durante o solstício de verão – dia mais curto com noite mais longa do ano – era comemorado o início da colheita. Nessas festas, eram oferecidas comidas, bebidas e animais a Juno, deus da fertilidade. Além disso, fazia-se uma alta fogueira, para espantar os maus espíritos. Com a difusão do catolicismo, os festejos se transformaram e acabaram homenageando os santos que nasceram no mesmo período da antiga festa.

A tradição foi trazida para o Brasil pelos jesuítas portugueses. Isso explica porque esses arraiais são muito comuns em Portugal, onde a festança é bem semelhante à feita no Brasil. Ao longo do tempo, alguns hábitos culturais foram preservados, até mesmo completamente transferidos para o Brasil, como o uso das tradicionais fogueiras. Na África e na Ásia, Macau, Índia, Malásia, também há a tradição de festas juninas. (LH)

Portugal

Entre na festa

Aproveitar as festas juninas em Portugal é um jeito interessante e divertido de o turista se aproximar dos portugueses e desbravar algumas tradições lusas. Por menor que seja o povoado, os portugueses costumam sair às ruas para comemorar os dias dos santos juninos. A festa é marcada por bandeirolas e enfeites coloridos pendurados pelas ruas, sardinha assada na brasa e brincadeiras que entretêm crianças e adultos.

Vale avisar que essas brincadeiras requerem um certo nível de paciência e espírito esportivo. Isso porque o silêncio é quebrado pelos sonoros martelinhos de plástico de centenas de pessoas “cantando” ao mesmo tempo na cabeça do primeiro que passar por perto. Para entrar no clima, é só comprar o seu por alguns euros e sair martelando o cucuruto dos outros também.

Outra brincadeira é o ataque de temperos. Chumaços de folhas verdes e flores de alho-poró são colocados no nariz alheio. A dica é ter o seu próprio alho-poró para intimidar quem se aproxima e, claro, descontar o ataque em outras vítimas.

Duas festas importantes do país ocorrem no Porto e em Braga, na noite de 23 para 24 de junho, dia de São João. O evento no Porto costuma reunir uma multidão na zona da Ribeira para curtir vários shows e, à meia-noite, ver um espetáculo de fogos no percurso do Rio Douro. Uma escala especial de trens costuma ser organizada para quem vai de outras cidades. Diante do mundaréu de gente, procure chegar mais cedo para conseguir um bom lugar na beira do rio e evite carregar muitos pertences.

Jorge Olavo

Seo Zico reúne festeiros e devotos

Na cidade, não há festa junina como o “Arraiá do Seo Zico”. O tradicional evento é realizado em Maringá, no noroeste do estado, todo dia 23 de junho. O pioneiro Annibal Borghi, o Seo Zico, criou o evento em 1982 como uma forma de relembrar as antigas festas em homenagem aos santos juninos.

Na primeira vez, o encontro reuniu cinco famílias vizinhas no sítio de Zico. Hoje, é um grande evento, que este ano deve receber cerca de três mil pessoas na área rural da cidade. Como em toda festa na roça que se preze, o “arraiá” terá quadrilha, a brincadeira do pau de sebo, correio elegante e as comidas e bebidas típicas, que são preparadas por voluntários e distribuídas gratuitamente.

A festa ainda mantém o forte caráter religioso, com a celebração de uma missa, acompanhada da oração do terço, de uma pequena procissão com velas e do levantamento do mastro que carrega as bandeiras de São João, São Pedro e Santo Antônio, para quem são destinados pedidos e simpatias. Um dos momentos mais esperados é a caminhada nas brasas da fogueira, símbolo máximo da fé nos santos de junho e realizada logo após a zero hora do dia 24.

Desde 2008, a festa tem o título de patrimônio histórico imaterial do município, primeiro do gênero no Paraná. Desde então, a prefeitura auxilia na organização do evento.

Serviço:

Festa do Seo Zico: Escola João Gentilin, na Gleba Pinguim, Maringá. Acesso pela PR-317 (na saída para Campo Mourão), na estrada Ribeirão Pinguim, ao lado do Shopping Vest Sul.

Marcus Ayres, da Gazeta Maringá

Muitas regiões do país se preparam para o ciclo das festas do mês de junho. Nas programações, grandes shows, muita comida típica e resgate de tradições

Fotos: Conheça as principais festas juninas

VÍDEO: Veja show de fogos de artifício nos festejos juninos em Portugal

No Paraná, a maior festa do estado tem endereço certo: a cidade de São João, nome de santo festeiro. Localizado na região sudoeste do estado, o município de apenas 11 mil habitantes se faz notar no mapa por conta da gigantesca festa que promove. São João ganhou até prêmio pelo festerê: tem a maior fogueira do país, de acordo com o Rank Brasil, o livro dos recordes brasileiros. A do ano passado tinha 62,2 metros. Este ano ela não ser

á tão grande mas, apesar dos 7,2 metros a menos, continua com o título de maior do Brasil. “A principal novidade deste ano é que a festa terá um dia a mais: acontecerá de 22 a 25 de junho. E além da fogueira gigante, que terá 55 metros, teremos shows todas as noites com bandas e duplas sertanejas. Isso sem falar nas barraquinhas com pinhão, pipoca, doces juninos e até a famosa ‘tripa grossa’, o nosso prato típico das comunidades alemãs, servido com legumes e carnes”, conta Gilson Schneider, da divisão de eventos da prefeitura de São João.

Nacional

O arraial no Paraná é animado, mas é no Nordeste onde acontecem as festas juninas mais badaladas do país. A de Caruaru, em Pernambuco, e a de Campina Grande, na Paraíba, disputam o título de maior São João do mundo. Só participando das folias para eleger a melhor. O que, aliás, não é difícil: as duas cidades ficam a menos de duas horas uma da outra, um total de 240 km.

O festerê de Pernambuco acontece de 4 a 29 de junho. O principal foco da festa, segundo a prefeitura, é preservar a cultura nordestina, manter o São João tradicional com forró autêntico. Tanto que todas as bandas que tocam no evento assinam um contrato se comprometendo a apresentar forró clássico, com trajes juninos e coreografia condizente.

Na de Campina Grande, além de novidades como mais um palco e um espaço dedicado à literatura de cordel, a festa contará com a participação de cantores famosos, como Elba Ramalho, Zé Ramalho e Dominguinhos, do forró clássico. “No estilo forró eletrônico, as bandas Aviões do Forró e Garota Safada estão entre as famosas que animarão a festa”, conta Gustavo Pontinelle, coordenador municipal de turismo.

Além dessas duas festas, Juazeiro do Norte, no Ceará, e Mossoró, no Rio Grande do Norte, disputam o terceiro lugar nesse ranking de maior festa junina do mundo.

Outras regiões

No Norte do país, são as apresentações tradições do boi-bumbá que ganham os palcos no mês de junho. Na festa junina dos gaúchos é possível assistir às belas danças das fitas. Em muitas cidades do Centro-Oeste brasileiro, as danças do cururu – uma espécie de cantoria de desafio com acompanhamento de viola – é o ritmo que comanda a festa. Já na Região Sudeste, o foco maior está nos quitutes: por onde quer que se olhe há barraquinhas de quermesse com comidas típicas da época do Brasil agrícola: milho cozido, pinhão cozido, cuscuz e bolo de fubá.

>> Programação: Quadrilhas animadas pelo Brasil afora

Fogueira, pipoca, quadrilha e paçoca são bons motivos para conhecer a tradição junina pelo país

Paraná

São João

Com expectativa de receber entre 25 mil e 30 mil pessoas, a folia da cidade de São João, a 60 km de Pato Branco, no Sudoeste, é a mais agitada do estado. Além de shows todas as noites com duplas sertanejas e comidas típicas, a fogueira é a principal atração da festa. Este ano ela terá 55 metros.

Quando: 22 a 25 de junho.

Como chegar: a passagem de ônibus de Curitiba a São João, pela Princesa dos Campos, custa R$ 78,73.

Outras informações: na divisão cultural da prefeitura da cidade, (46) 3533-2606.

Fonte: Gazeta do Povo / Turismo

Próxima página